Yoda, o goblin de Valkaria contra o Império de Tauron

Desde que conheci o RPG minha imaginação nunca mais parou. Mesmo nos anos em que fiquei sem grupo de jogo, nunca parei de criar. Porém, muito desse material ficou guardado para mim mesmo. Primeiro porque não tinha a quem mostrar e depois por um pouco de vergonha (não sei vocês, mas sempre acho que as pessoas vão achar que minha criação não é boa como eu penso ser).

Depois de muito pensar, decidi que estava na hora de compartilhar minhas criações dos últimos anos e, para tal, escolhi usar o site do D30, grupo que ajudei a fundar, para atingir o máximo de pessoas possíveis. As postagens semanais serão parte da minha coluna.

Como esta não terá um tema definido, cenário ou sistema único, pensei em diversos nomes possíveis. Tinha que ser uma coisa ampla, por isso, achei que uma “visão” de diversos pontos do RPG seria mais adequada. Uma série de olhares sobre diversos aspectos e direções do hobby. Me veio à cabeça uma criatura que enxerga em várias direções. “Observador” ou, para os “oldschool”, Beholder seria o símbolo de minha coluna e a inspiração para seu nome.

Além de trazer materiais feitos por mim durante os vários anos que jogo RPG, adaptados para os sistemas mais novos, também vou trazer assuntos mais atuais como filmes, livros, seriados, etc. E com certeza quero a participação de vocês! Viram um filme novo e acham que dá um bom cenário? Enviem-me a ideia e vamos trabalhar juntos nessa adaptação. O mesmo poderá ser feito com um personagem de algum livro que vocês tenham lido e que gostariam de ter sua ficha adaptada para algum sistema de jogo.

Em suma é uma coluna escrita por mim, com material meu (a princípio), mas feita para vocês. Critiquem, elogiem, façam sugestões, mandem um assassino fantasmagórico atrás de mim enfim o que vocês quiserem para aumentar a qualidade da “nossa” coluna.

Para começar vou postar um personagem que criei quando foi lançado Star wars – a Ameaça Fantasma (1999). É uma homenagem a um dos meus personagens favoritos de todos os tempos.

“Jogar RPG vocês devem”

Yoda

goblin pirataYoda nasceu na favela goblin em Valkaria. Como a maioria dos da sua raça, não teve outro caminho a não ser o crime e com pouca idade já era um ladrão de grande habilidade. Com a habilidade veio a soberba e ele tentou roubar a casa de um lorde. Depois disso, o mesmo lorde colocou sua cabeça a prêmio e ele foi caçado por toda a cidade, o que o fez fugir de Valkaria.
Ele viajou para o único lugar onde o poder do lorde não o alcançaria: “Smokestone”. Chegando lá, logo na primeira noite, se meteu numa confusão, foi preso e entregue como escravo para a tripulação do “Estrela da Morte” um barco comandado por um capitão orc, conhecido por sua crueldade. Quando parecia ser esse o trágico destino de Yoda, o “Estrela da Morte” foi atacado por Ian Kenobi o capitão do Millenium. Kenobi havia rastreado o Estrela da Morte devido a uma antiga desavença entre os dois capitães, causada por uma pilhagem.
Yoda achou que seria morto pois Ian era um elfo, e o ódio dos elfos pelos goblinóides é muito conhecido, mas ele não poderia estar mais enganado. Ian o adotou como seu aprendiz, talvez por notar algo de especial no jovem goblin. Kenobi ensinou a arte do florete e de seu estilo de luta bem peculiar. Mas em uma aventura em Galrasia Ian foi mortalmente envenenado e sucumbiu, não sem antes nomear Yoda o novo comandante do Millenium.
Hoje Yoda continua usando Smokestone como base e tem enfrentando o Império de Tauron, ajudando Malpetrim e a Resistência. Além de Yoda a tripulação do Millenium é composta por Han (o timoneiro humano Pis 8) um grande galanteador; Chewba (um minotauro desertor que é o navegador do Millenium  Ran 7) ele fala pouco mas em combate é admirável; Leia (segunda em comando, uma elfa Feit 7) a voz da razão da tripulação e o Luke (contramestre Humano Gue 6 ) jovem idealista que vê na pirataria uma forma de mudar o mundo.millenium

Yoda: Goblin, Ladino 3 / Swashbuckler 6, CB; ND 9; tamanho pequeno, deslocamento 9 m; PV 51; CA 23 (+ 4 nível, +6 Des, +2 armadura, +1 tamanho); corpo-a-corpo: Florete Ob. Prima de adamante +17 (1D6+10 18-20); hab At. Furtivo +2D6, Encontrar Armadilhas, Evasão, Furtividade rápida, Sentir armadilhas +1, Auto confiança, Presença Paralisante; Fort 5, Ref + 10, Von +3;  For10, Des 22, Con 12, Int 13, Sab 8, Car 18.

Perícias & Talentos: Acrobacia +18, Atletismo +18, Atuação +8, Cavalgar +10, Conhecimento Geografia +13, Cura +3, Diplomacia +8, Enganação +8, Furtividade + 22, Iniciativa +18, Intimidação +8, Intuição +3, Ladinagem +22, Obter informação +16, Ofício +5, Percepção +11, Sobrevivência +11; Acrobacia Audaz, Acuidade com arma, Ágil, Ataque Preciso, Especialização em combate, Fintar Aprimorado, Foco em Arma – Florete, Panache, Sorrateiro;

Equipamento: Florete Ob. Prima de adamante, 2 adagas, Manto do carisma +2, Anel de respirar água, Besta leve, 30 virotes, corselete de couro.

 

Na semana que vem, irei falar sobre a NAIPE, um agência de espionagem que criei para Mutantes e Malfeitores. Iremos começar com descrição dos naipes que compõem o comando da agência.

Espero que vocês tenham gostado da estreia da coluna e aguardo ansiosamente suas sugestões e críticas. Para isso, usem este email:  Covildoobservador@gmail.com

Também podem seguir a página Covil do observador no Facebook.

Até a próxima semana! Estaremos sempre “de olho”.

Thiago Freitas

Sobre thiagofreitas

Thiago Freitas escreveu 5 posts neste blog.

Mestre, pai, esposo e caçador do tempo perdido level 30.

Comments

  1. Muito bom, Janary!
    Eu mesmo tenho umas idéias de adaptação. Uso o sistema do Guerras dos Tronos (fiquei apaixonado) mas tenho dificuldade em fazer adaptações pra ele. Você é familiarizado?

  2. Apesar da postagem final ter sido do Janary Damacena, esclarecemos que o texto é de Thiago Freitas, membri fundador do D30. =)

  3. Valeu pela explicação Gene.
    Bruno adquiri o Guerra dos tronos a pouco tempo, mas mande para o email que falei suas ideias para trabalharmos juntos.

    Abraços

  4. Ah…. eu tava gostando de levar crédito pelo bom material do Thiago… hahahahahaha

Deixe uma resposta para Thiago Freitas Cancelar resposta