Anuncio da Secular Games sobre lançamento do Dungeon World

Pessoal, nossos amigos  e parceiros da Secular Games mandaram um e-mail com o release do mais novo lançamento deles, confiram:

É com um imenso orgulho e empolgação que anunciamos esta semana a primeira licença adquirida pela Secular Games para lançamento no Brasil: Dungeon World, um RPG que simula a pegada  e o espírito de jogos da velha guarda (como o D&D original), porém, fazendo uso de mecânicas  vanguardistas, baseadas no incrível Apocalypse World de Vincent Baker (game designer responsável por outras pérolas como Dogs in the Vineyard e Murderous Ghosts).

A mistura deu tão certo que a versão demo do Dungeon World se esgotou em poucas horas na última GenCon, e a campanha de financiamento coletivo para publicação da versão definitiva já alcançou os 25 mil dólares em apenas dois dias!

Arte da capa de Dungeon World

E é justamente esta versão definitiva do jogo que pretendemos lançar para o público brasileiro. Serão mais de 300 páginas mesclando a pegada de jogos clássicos com mecânicas um tanto inovadores, em uma releitura que ocorre não apenas no sistema, mas também, de certa forma, nos pontos de vista mais sarcásticos a respeito do papel dos aventureiros no mundo de jogo, como é o caso do Clérigo como o texto de apresentação da classe ilustra muito bem:

As terras de Dungeon World são um caos abandonado pelos deuses. Elas estão infestadas por mortos vivos, bestas de todos os tipos, e por vastos espaços anormais localizados entre as seguras terras civilizadas abençoadas pela presença de templos. O mundo lá fora é um lugar sem divindades. E é exatamente por isso que ele precisa de você.

Levar a glória de seu deus até os pagãos não é apenas sua natureza – é o seu chamado. Cabe a você convertê-los com sua espada, maça e magia. É preciso dilacerar o coração ignorante das terras selvagens e plantar nele as sementes da fé. Alguns dizem que o melhor lugar para manter seu deus é junto ao seu coração, mas você sabe que isso é besteira. Seu deus vive na lâmina de uma espada.

Mostre ao mundo quem é o Senhor.

Com mecânicas simples e ágeis que fazem uso de um único rolamento de 2d6, o clérigo é capaz de usar magias (algumas limitadas a certos deuses, como as terríveis magias de Morte), curar seus companheiros, comungar com sua divindade e levar sua palavra aos infiéis, quer eles queiram ouvi-la ou não.

Conheça mais sobre o Dungeon World nesta excelente resenha do Franciolli publicada pelo Paragons ou no site oficial do jogo, onde existe uma versão beta do jogo para download.

Maiores informações a respeito do lançamento poderão ser obtidas em nossa página ao longo dos próximos dias, além de um preview das regras e uma classe completa que estamos preparando. Fiquem ligados e lembrem-se: existem monstruosidades rastejando ao redor dessa terra. Estarão vocês preparados para enfrentá-las?

Sobre Mallien

Ricardo Souza escreveu 53 posts neste blog.

RPGista e Gamer por paixão, profissional de TI por profissão, nerd/geek por vocação e pai babão da pequena padawan e roleplayer in training Costela Maluka.

Leave a Comment