encontro-d30_31255641210_o

Saiba como foi o 47º Encontro D30

encontro-47-d30-2De volta às origens, o Encontro D30 de dezembro foi no salão de festa da 306 Sul, e isso é ao mesmo tempo bom e ruim. Bom porque o encontro se reencontrou com o salão que nos acolhia até 2010, foi super familiar, e deu tempo para conversar com todo mundo e rever os amigos, as quadras da Asa Sul são lindas, e o jardim do prédio foi um bom lugar pra fugir do barulho de 70 nerds jogando juntos e felizes, confira as fotos!

E ruim porque se o D30 não está num espaço maior chamando mais gente e divulgando o RPG, é porque as nossas cidades têm cada vez menos espaços públicos para jovens se divertirem de graça. Foi massa, teve um monte de gente que nunca tinha jogado e se encantou com a experiência! Mas em econontros maiores chegamos a ter três mesas inteiras só de curiosos querendo conhecer ou reencontrar o RPG.

encontro-47-d30Dito isso, foi o mais oldschool dos encontros que tivemos! Quatro mesas de Old Dragon, nosso retroclone brasileiro de D&D, uma de RPG Quest, e uma do Call of Cthulhu original. Nem se a gente programasse sairia tão das antigas. Quando olhamos a lista de mesas (a organização sempre atenta a isso), pensamos que talvez faltasse D&D – principalmente a 5ed que está bem procurada; ou mais terror, mas achamos que quem tem Old Dragon não precisa de D&D original. E teve Tormenta também, duas mesas muito legais, inclusive a já famosa mesa do Rafael Thomaz.

Como sempre, teve sistemas diferentes, como Fate em uma aventura especial, e Street Fighter RPG de 1994 que usa o sistema de Storyteller, o mesmo de Vampiro: A Máscara. Teve playtest do NOVA RPG em um cenário viking, com o próprio autor do RPG como jogador, e pelos gritos da galera, lá tava bem animado. Aliás, os sussurros dos jogadores na mesa de Cthulhu também estavam assustadores.

encontro-47-d30-3Tivemos uma mesa de crianças, que já está ficando concorrida nos encontros, em que o mestre foi um deles! Com a ajuda dos marmanjos, o garoto lançou desafios contra seus colegas e foi muito divertido, basta ver as fotos de agitação da criançada. 

E num canto do salão, ou da galáxia, havia duas mesas espaciais, uma de Star Wars na era do retorno dos Jedis após a rebelião, e outra de Star Trek, num clássico problema de radiogênese ialurônica! Essa mesa inclusive fez parte do playtest oficial do novo sistema de Star Trek que está sendo testado para lançamento ano que vem.

Um obrigado especial ao Gabriel, que levou seus cenários pra mostrar pra gente (manda fotos!), e à Orgutal que mandou seu sistema de mestres de one shot lá para experimentar com os jogadores do encontro!

E aqui estão as fotos:

 

#tormentarpg no Encontro D30

Uma foto publicada por D30RPG (@d30rpg) em

Leave a Comment