Encontro D30 vai comemorar 40 anos de D&D

6a015390985392970b014e8c08ec5d970dIsso mesmo! O tema do próximo encontro será Dungeons & Dragons, vamos comemorar os 40 anos do RPG mais conhecido, jogado, amado e odiado de todos os tempos! O aniversário do lançamento foi em janeiro, mas o ano é de comemorações e estamos também ansiosos para testar a nova edição, que será lançada exatamente em julho.

Nosso desafio aos mestres é simples: vamos tentar fazer mesas de todas as edições e campanhas de D&D que conseguirmos! Já tivemos muitas mesas de D&D nesses 6 anos de D30, mas agora vamos tentar reunir tudo num só lugar!

Claro que os fãs vão adorar! Mas, para quem quiser tentar outras coisas, óbvio que serão bem vindas mesas de outros sistemas, tentem pensar em algo temático, como Savage Worlds Dark Sun, Gurps Dungeon Fantasy, Old Dragon, ou uma aventura clássica, tipo Ravenloft, usando Dungeon World. Só não se esqueçam os fãs de Cthulhu que em D&D ele não passa de um semideus!

biblioteca nacionalUma grande novidade será o local do Encontro, a Biblioteca Nacional de Brasília, com quem vamos testar nossa parceria que pode render mais encontros e discussões sobre jogos e RPG no futuro. Para quem não conhece, é o prédio ao lado do Museu Nacional, aquela esfera nova na Esplanada, e ao lado daRodoviária do Plano Piloto.
O Encontro será no Auditório da Biblioteca, dia 27 de julho, das 8h às 18 horas.

Para se inscreverem, os mestres devem seguir este link, e aqui estão algumas dicas para fazer aventuras em dias de encontro!

Jogadores não precisam se inscrever, mas recomendamos que todos ouçam nosso último podcast, especialmente os 10 minutos finais, em que damos dicas sobre como os jogadores devem se comportar para maximizar nossa experiência!

D&d_original175px-D&d_Box1stUm pouco de história

Era de Ouro
É uma história e tanto. Lançado em 1974, Dungeons & Dragons inventou duas coisas incríveis: as aventuras de Fantasia, que estão presentes em todos os videogames do gênero, e… o RPG. Sim, havia outros sistemas nessa pré-história, Chainmail e Bodenburg, mas foi D&D, com Gary Gygax e Dave Arneson que reuniu as regras de miniaturas às histórias de Fantasia.

Aliás, tão importante quanto o sistema eram as inspirações literárias. Jack Vance, Poul Anderson, Fritz Leiber, L. S. de Camp, e o obscuro A. Merritt. Sim, J.R.R. Tolkien estava no Apêndice N do primeiro Dungeon Master Guide, mas vocês sabem que o Gary Gygax sempre disse que D&D não tem muito a ver com Senhor dos Anéis, enfim…

ph1st2ndcADnD1E-Players-00-237x300Era de Prata
Logo D&D passou a se dividir em duas partes, o básico, com regras mais simples, e o Avançado, conhecido como AD&D. É a partir daí, já a segunda ou terceira reinvenção das regras, que a gente conta a 1a Edição, lançada em 1977. Muitas aventuras depois, uma 2a Edição foi lançada em 1989, seguindo basicamente as mesmas premissas, mas reintegrando as regras, que já estavam espalhadas por muitos livros nessa época. Esse também é o tempo das caixas enormes e muitos mundos de D&D.

Eu comecei a jogar nessa época, que foi também quando D&D foi lançado no Brasil, pela Editora Abril. Até 1995 as classes, raças e opções se multiplicaram, ainda mais com o lançamento da Edição 2.5, com o Skills and Powers, que já trazia o que foi se traduzir em feats e poderes mais pra frente.

adndPOSnPEra de Bronze
Em 2000 a editora original, TSR, foi vendida, e o D&D passou a ser da Wizards of The Coast, que fazia Magic: The Gathering entre outras coisas, que por sua vez foi comprada pela Hasbro, maior fabricante de brinquedos. A 3a Edição foi lançada neste momento, após uma revisão do trabalho que já estava sendo feito pela equipe.

O movimento foi ousado, com o lançamento de um sistema genérico para uso em qualquer RPG, o Sistema D20, e uma licença (OGL) para fazer produtos usando as regras de D&D que deu em muitos desenvolvimentos, inclusive o movimento de retroclones, como Old Dragon no Brasil, e Tormenda RPG, o maior nacional.

imgres1399387483397Era das Trevas
Mas em 2003 já foi hora de relançar mais uma vez o sistema, com a Edição 3.5, que revisou as regras e reinou absoluta até 2008. A 4a Edição de D&D foi lançada com muitas modificações, deixando órfãos os fãs da 3a, que se refugiaram em outros produtos, principalmente os retroclones e Pathfinder, o RPG de uma das editoras de revistas de D&D, a Paizo.

Renascimento
Foi então que em 2012 começaram os testes da 5a Edição, então chamada de D&D Next, e que juntou mais de 170 mil jogadores e mestres, inclusive o D30, para testar opções e dizer o que adoram em cada edição. E sim, há igual número de fãs de todas elas, entre 2-3-4, jogadores se degladiam defendendo suas opções. Mas agora a editora promete uma edição feita para acabar com a Guerra das Edições, e vamos ver o que vão conseguir com isso!

 

Ages_of_DnDv3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

dnd_products_dndacc_starterset_pic3_enVamos inclusive ter no Encontro um capítulo da nova D&D Adventure League, a liga de aventuras oficiais com relatório e tudo mais, participe!

Sobre ML

M L escreveu 146 posts neste blog.

Gosta de fazer intriga em seus jogos, botar medo nos jogadores, e está sempre à procura do sistema perfeito de RPG.

Comments

  1. Ok, quero mestrar uma aventura de Dragonlance.
    Será que teremos regras de basic disponíveis para download até lá? Vamos ensinar a galera amontar a ficha ou vamos direto pros finalmentes?

    1. Author

      teremos as regras de fazer personagens com certeza, e as regras do Starter Set. acho que pro encontro é suficiente!

  2. Eu vou mestrar uma de Midnight, mas vou levar os personagens prontos…

Leave a Comment