Artigo publicado em: 06/27/11 6:00 AM


Mighty Blade

Aqueles que leram o artigo anterior do nosso amigo e D30 Ricardo Mallen, e deram uma sondada puderam perceber que realmente está havendo uma verdadeira invasão de RPG’s Indie no Brasil. Na realidade esta invasão foi começando de forma tímida e ganhou força a partir do último semestre do ano passado com várias publicações boas pipocando na blogsfera brasileira. E quando digo isto me refiro apenas ao que diz respeito aos Indies Brasileiros, pois também podemos citar vários lançamentos fantásticos nas terras gringas, como Shotgun Diaries, 3:16 (este já publicado aqui), Little Fears, Lady Blackbird e tantos outros. Mas hoje vim aqui pra falar pra vocês de um ótimo RPG Indie com o qual tive contato a mais de 1 ano.

O Mighty Blade. Mighty Blade é um RPG independente criado por Tiago “coisinha verde” Junges. Este autor produziu seu livro na raça e como muitos outros criadores independentes não tem como meta principal o lucro. A prova disso é que o sistema completo (isto mesmo! completo) está disponível para ser baixado gratuitamente. Eu inicialmente baixei o PDF gratuito, mas gostei tanto que comprei o meu manual impresso. Na realidade gosto de fazer isso, acho bacana dar uma força para quem contribui de forma tão despretensiosa com o RPG nacional. Mas vamos ao que interessa.

Na semana passada arrumei um tempo e joguei a minha primeira partida de Mighty Blade com os amigos, e as primeiras impressões foram ótimas. O sistema de regras é bem simples e ótimo para ensinar a iniciantes. Só existem 4 atributos básicos (Força, Agilidade, Inteligência e Vontade) que englobam bem as mais variadas situações e testes. Outro ponto a favor é que o sistema só utiliza dados comuns de 6 lados, que podem ser facilmente encontrados em qualquer lugar do país. Uma outra grande sacada do autor foi incluir dano fixo nas armas, o que reduz muito o número de jogadas de dados e torna o jogo leve e muito, muito rápido. Essa agilidade e simplicidade me trouxeram ótimas lembranças meu querido Dungeoneer. A simplicidade de Mighty Blade o torna um ótimo sistema para aventuras curtas, mas não inviabiliza de forma nenhuma campanhas longas e bem elaboradas. Inclusive a mecânica de evolução dos personagens permite ganhar novas habilidade especiais que podem ser ativadas usando mana. Esse sistema de habilidades especiais, pode vir a agradar jogadores veteranos que gostaram do D&D 4E e muitos iniciantes que conheceram o hobby através dos MMORPG’s.

Por ser um RPG enxuto e objetivo,  Mighty Blade pode não agradar muito àqueles que estão acostumados com sistemas de regras mais robustos, contudo todos que curtiram o bom e velho roleplay irão fazer uma volta ao passado com este sistema.

Um outro ponto que eu não poderia deixar de falar é do grande suporte on-line que este jogo tem. Todo o material, incluindo o livro básico, pode ser baixado gratuitamente na internet. E Mighty Blade tem muito material!!!! Você vai encontrar vários suplementos, livro dos monstros, aventuras, fichas, um ótimo fórum de discussão, além de uma revista exclusiva com material para o sistema, a Dragon Cave. A página também conta com uma espécie de sistema de recompensas que libera material exclusivo para queles que forem acumulando pontos. Tais pontos são obtidos comprando o livro impresso, participando do fórum, enviando fotos e reportes de sessão, mestrando em eventos…

Além do Mighty Blade, Tiago Junges, criou outros sistemas divertidos e inovadores como “Malditos Goblins!”, Sfi-Gen 2 e Calisto. Futuramente falaremos sobre eles aqui. Tive a oportunidade de conversar com o autor pela internet e ele se mostrou super “gente boa” e prestativo como grande parte dos RPGistas que conheço. Inclusive ele mandou 2 exemplares do manual básico do Mighty Blade impresso para sortearmos entre os RPGistas aqui de Brasília e irá enviar uma aventura inédita e fichas personalizadas para o Encontro D30. Os livros estão guardados e serão sorteados no próximo Encontro D30 dia 6 de Agosto.

Nós do Grupo D30 deixamos o nosso agradecimento especial ao autor e o parabenizamos pelo excelente trabalho.

Bem, acho que é isso… A todos que curtiram ou ficaram curiosos entrem na página Mighty Blade, cadastrem-se e baixem todo o material disponível deste excelente RPG Indie. E aqueles que gostarem, comprem o livro impresso. Assim ajudamos os autores independentes a continuar produzindo ótimos RPG’s.

Sobre Rafael Thomaz

Rafael Thomaz escreveu 18 posts neste blog.

Mestre desde os 10 anos de idade. Jogador quase nunca. RPG no Coração e Tormenta na veia...

Comments

  1. Rafa muito bem escrito o artigo. Conheço o Mighty Blade tb já a um tempo acho muito bacana, regras simples e tudo mais ali a um clique do mouse. Aconselho a todos que puderem baixar o pdf e dar uma conferida, como o Rafa disse o sistema e toda sua mecânica são bem light. E bacana principalmente para quem nunca teve contato e quer começar a conhecer o mundo do RPG.

  2. Parágrafos, por favor! E quando citarem o artigo anterior, façam com que as palavras “artigo anterior” sejam um link para o artigo propriamente dito. E o Coisinha Verde apreciaria um link para o Mighty Blade no texto também.

  3. Pingback: Guia de RPG’s Indies | D30

  4. Migthy blade é muito bom mesmo para iniciantes e para partidas rápidas. COnheci a pouco tempo esse sistema e já to pensando em comprar o livro mesmo, que vem com mais ilustrações. Viva a iniciativa do RPG indie brasileiro !!!

  5. Pingback: #RPGaDAY 2017 – o que rola pelo @D30RPG | D30 RPG

Leave a Comment