# 45 PODCAST D30 – Tipos de Jogadores

Jogar de RPG é uma coisa incrível! São tão diferentes mas ao mesmo tempo tão iguais que podemos até mesmo classificar por estilos. Não acredita? Pois é, e nem fomos nós que inventamos isso não, foi um excelente autor chamado Robin Law quem primeiro escreveu sobre isso (e publicou um livro sobre o tema). Mas isso de ter vários tipos de jogadores diferentes é algo ruim? Acho que não, a não ser que algum deles esteja atrapalhando a mesa.

E para isso Camila Reinehr, Marcello Larcher, Ricardo Mallen e eu – Janary Damacena; sentamos para debater sobre esses diversos tipos que permeiam mesas mundo a fora, apresentando um pouco do que ouvimos e jogamos, além de comentar como lidamos com cada estilo de jogador que já encontramos por aí. Então aproveitem o bate papo e, se você se identificar com algum tipo de jogador, não se preocupe, pode continuar se divertindo com tanto que todos os demais estejam na mesma vibe!

 

| Open Player in New Window

E ATENÇÃO: Não esqueça que seu comentário é fundamental para sabermos o que está indo bem, o que desagrada, temas futuros, sugestões e afins. Então, deixe seu recado aqui no site ou envie pelo nosso Facebook, ou ainda pelo e-mail d30rpg@gmail.com. Também temos um grupo de whatsappaqui está o link, mas pode usar o código QR ali do lado.

Para download clique com o botão direito do mouse e a opção “salvar como” em um dos seguintes links: MP3ZIP. Para acrescentar nosso podcast no I-tunes é só seguir esse endereço.

Um pouco do que a gente falou no podcast:

Robin’s Laws of Good Gamemastering

Green Peanuts

Game Chinchila

Critical Role

Sandman

Vampiro: A Máscara

GURPS

Dungeons and Dragons

Call of Cthulhu

3:16 – Carnificina no Espaço

Warhammer

Fighting Fantasy

 

# 14 Podcast D30 – Alinhamento de Personagens

#35 PODCAST D30 – BATE PAPO SOBRE RPG EM BRASÍLIA E DICAS DE MESTRES

One of my favorite bits from Sandman: Dream plays The Oldest Game with a demon in hell.

Sobre Janary Damacena

Janary Damacena escreveu 99 posts neste blog.

Sempre interessado em narrações fantásticas e de horror, apreciador de boa interpretação e defensor da regra de ouro.

Comments

  1. Gostei do podcast, gosto muito da lufada de ar fresco que a Camila traz para o podcast!

    Eu discordo um pouco da definição do jogador contador de histórias, viu! Bem diferente…

    Sem falar que o Ronbin Laws não levou em conta jogos com narrativa compartilhada…

    Acho muito legal dar uma analisada em coisas que foram faladas em livros de RPG de teoria… Já leram o Play Unsafe? Ou o Play Dirty? Ou o Despreparado Nunca?

    1. Fala Marcelo! Tb gostamos dessa jovem nas edições do podcast 😉

      Explique mais sobre sua visão de jogador contador de histórias, podemos analisar mais!

      O Robin Laws faz uma análise do estilo clássico de RPG essa “vertente” que veio depois, a narrativa compartilhada, tem todo um estilo mais próprio onde talvez algumas definições não se apliquem e outras tenham de ser agregadas.

      Já li o Play Unsafe, que acho um excelente material para qualquer mestre. O Play Dirty ainda não tive oportunidade, mas o Despreparado Nunca eu não gostei muito… tem uma ou outra coisa legal, mas o conjunto da obra não me agradou.

  2. Ah, legal, o Despreparado nunca e o Play Unsafe são antagônicos. Eu comprei mas nunca li o Despreparado Nunca. Hoje em dia estou muito mais para o improviso do que para a super-preparação de jogo.

    Mas talvez queiram discutir algo desses livros em futuros podcasts. Eu acho muito legal trazer outras pessoas para a roda, gosto da Camila por ela ser muito espontânea, honesta e ter uma visão um pouco diferenciada de jogadores que jogam há mais de 20 anos.

    1. Eu gosto bastante do Play Unsafe, ele tem dicas fundamentais pra gente não se perder ou ficar com medo dos improvisos. Mas apesar de não ter curtido muito o Despreparado Nunca (como você falou, são materiais antagônicos e eu tenho uma linha mais “vamos ver no que vai dar”), gosto de dar uma elaborada, um certo floreio nas minhas mesas, mas sempre deixando claro que podemos tentar de tudo. Acho sua dica maneira, pra trabalharmos esses materiais em outros podcasts.

      Sobre os convidados, nós tentamos sempre agregar os temas dos podcasts à pessoas que tenham como contribuir de forma maneira, não só pela pessoa ser bacana mas por ter conhecimento ou estar jogando algo relacionado. A Camila, como já é da casa, vai participar cada vez mais. Mas vamos convidando outras pessoas legais pra deixar tudo mais agradável hehehe

  3. Pingback: Ranking RPGista de Blogs – Maio de 2018

Leave a Comment