Saiba como foi o épico Encontro de 10 anos

Com o Encontro D30 deste domingo, a cena do RPG em Brasília ganha um novo e marcante capítulo em sua história! Mas foi algo começado lá atrás, mais exatamente há 10 anos, quando um grupo de amigos resolveu criar uma forma de agregar o maior número possível de jogadores e mestres num mesmo ambiente para que todos pudessem descobrir novos jogos, formar grupos e, o mais importante de tudo, se divertir juntos! Com o passar destes maravilhosos anos em que nossa comunidade só cresceu, tivemos um aumento também na diversidade dos participantes.

Cada dia que passa no mundo D30, conseguimos ampliar essa diversidade, romper preconceitos e deixar o ambiente mais favorável para mulheres, crianças, adolescentes e famílias inteiras. E por isso somos hoje uma verdadeira confraternização de pessoas unidas pelo desejo de sermos felizes ouvindo e contando algumas das melhores histórias de nossas vidas. Com isso tudo, o tema desse evento – para além da comemoração destes 10 anos – não poderia ser mais representativo e sincero: Irmandade!

Nos dois períodos em que passei pelas mesas e conversei com velhos e novos amigos, além de trocar uma ideia com recém-conhecidos, pude observar o rosto de cada uma das quase 200 pessoas que passaram pelo Encontro, e consegui ver uma alegria genuína estampada em cada um desses semblantes. Isso é o maior motivo de orgulho para nós, velhos dragões, que fazemos tudo isso por vocês. Essa alegria é a recompensa por tudo. Muito obrigado a todos.  

Mas falando sobre mais especificamente sobre o Encontro, tudo que posso dizer é que foi minimamente fantástico. Quando cheguei até o SESC 504 Sul, por volta das 9h15, como de costume já tinha uma galera esperando abrir os portões e, quando isso foi feito depois que organizamos todo o espaço, uma enorme fila se estendia da entrada do local até o andar de cima onde realizamos o evento. Lembro de poucas vezes em que as mesas de jogo foram tão disputadas e as vagas da manhã acabaram tão depressa. Para se ter uma ideia, tão logo abria uma mesa, rapidamente já tinham mais jogadores do que o possível querendo participar.

E nessa primeira etapa das comemorações, tivemos mesas super legais com o nosso grande brother Luiz Alface narrando Lankhmar em SavageWorlds; o Alfredo Nemesis mestrando sua tradicional mesa de Shadowrun; o Hugo Carvalho mandando ver numa partida de 3D&T; os nossos grandes parceiros Minduins Nelson e Brunno Rod, comandando uma fantasia medieval com Cypher System e um terror em Savage Worlds, respectivamente; o Wolney Andrade arrepiando a galera com o ótimo Little Fears; a querida narradora Stephanie Braz trazendo uma mesa de Hunter: the Vigil; o Volnei Freitas que narrou sua sensacional história da A Bandeira do Elefante e da Arara (vice campeã no concurso nacional); e duas mesas de 3:16 Carnificina nas Estrelas (para meu grande orgulho pessoal hehehe) com dois caras gente boas demais, o Edu Palada e o Rodrigo Oliveira. Ainda tivemos o Rafael Thomaz narrando sua mesa de Tormenta RPG, animando um grupo grande!

Agora, no turno da tarde, tivemos uma partida ESPETACULAR em um formato inédito no Brasil: um mega crossover de D&D 5e reunindo 17 mestres, 99 jogadores, um mestre coordenador, um mestre DJ para os efeitos e trilha sonora, e uma mestra controlando um dragão ancião. E todos jogando a MESMA aventura e interagindo entre TODAS as mesas. No meio disso tivemos duas mesas voltadas exclusivamente para crianças, que participaram em igualdade com os demais em toda a aventura. Foi um momento épico, que cada um dos 119 presentes nessa aventura jamais esquecerá!

Essa aventura contou a história de uma coalizão de heróis que precisava impedir um culto maligno de levar o caos para o mundo. A missão se dividiu em quatro partes: impedir os suprimentos de chegar até o forte onde o culto estava; convencer o rei feérico de não se aliar ao culto e se juntar aos aventureiros; combater os necromantes aliados do culto para evitar que enviassem reforços para a guerra; e por fim, invadir o forte onde o culto estava. Em meio a todo esse cenário caótico, um imenso dragão antigo sobrevoava as mesas, digo, as frentes de batalha, para ceifar a vida de quantos heróis fosse possível!

A cada missão completa pelos grupos ou fracassadas, bônus ou dificuldades eram impostas a todos, por isso a ação conjunta contava muito. Além disso, grupos de aventureiros que estivessem em dificuldades poderiam convocar heróis de outras mesas para ajudar, ou se estivessem muito bem na sua missão, poderiam oferecer ajuda aos demais. Tudo isso coordenado por um grande capitão de batalha e um bardo que entoava as trilhas sonoras de fundo, assim como os efeitos especiais. Enfim, foi um momento mágico. Um agradecimento especial ao Jorge, que nos ajudou a coordenar tudo! 

Além dessa mega aventura, tivemos ainda algumas mesas durante a tarde, a Raissa narrando Mundo das Trevas e uma galera jogando D&D como podiam no chão mesmo! Acredito até que algumas pessoas abriram jogo na hora ali pela gibiteca, mas como estive envolvido completamente com o crossover, não consegui conferir o que rolou.

Ainda tivemos espaço para os sempre aguardados sorteios de brindes legais, doados por lojas e editoras parceiras (e pessoas maneiras que vão ao encontro, como o Vini). Contamos com a presença do Ateliê da Meme com seus milhões de artigos nerds e da loja Orgutal, grande parceiro de sempre. Ainda vale destacar nosso agradecimento ao Sesc pela acolhida maravilhosa que tem nos proporcionado e especialmente à Fabrícia, que participa do evento do começo ao fim, para nos dar todo suporte que o Sesc pode oferecer. Ao final das atividades, conseguimos ainda cantar parabéns e fazer a festa da criançada que estava por lá, com docinhos diversos.  

Para finalizar, só posso agradecer a todos que fazem e fizeram parte desses 10 anos de Encontros D30. Todos que de alguma forma ajudaram a magia a acontecer, seja carregando mesas, ficando na portaria, mestrando, coordenando, fazendo palestras, jogando ou apenas indo para bater papo. Sem vocês, não haveria história a ser contada.

Muito obrigado!

E aqui estão as fotos!

O principal sorteio da manhã! Pathfinder! #d30 #d30ano10 #rpg #sesc

Uma publicação compartilhada por D30RPG (@d30rpg) em

55 Encontro D30

Sobre Janary Damacena

Janary Damacena escreveu 103 posts neste blog.

Sempre interessado em narrações fantásticas e de horror, apreciador de boa interpretação e defensor da regra de ouro.

Comments

  1. E de manhã também teve mesa de Tormenta RPG, não se esqueça.

Leave a Comment